23 de jul de 2014

Combatendo a Ansiedade com Hábitos Saudáveis

A ansiedade é um sentimento de apreensão desagradável, vago, acompanhado de sensações físicas como vazio (ou frio) no estômago (ou na espinha), opressão no peito, palpitações, transpiração, dor de cabeça, ou falta de ar, dentre várias outras. É um sinal de alerta, que adverte sobre perigos iminentes e capacita o indivíduo a tomar medidas para enfrentar ameaças. 

Comer demais pode ser um sintoma de ansiedade. Para tentar acalmar os nervos, muitas pessoas descontam nos alimentos, buscando uma fonte de prazer e alívio para os sintomas da doença. Dê atenção à alimentação; nesse período difícil você pode comprometer o seu bem-estar, levar ao estresse e até o surgimento de doenças e transtornos alimentares.
  
10 hábitos saudáveis que combatem a ansiedade:

1. Exercite-se!
Se quiser obter o controle das reações da mente e do corpo, abuse dos exercícios. O estresse e situações estressantes estão diretamente relacionados com a ansiedade. Por isso, para combatê-la, a atividade física pode ser uma ótima alternativa. 

2.Evite os estimulantes
A ansiedade pode ser estimulada sem a gente se dê conta. Por isso, evite álcool, bebidas com cafeína, chás verdes e cigarros. Estas substâncias são estimulantes e podem aumentar a sensação de nervosismo.

3. Olha o ambiente
A ansiedade está fortemente associada à compulsão. Por isso, quando for hora de relaxar (durante as refeições, por exemplo) fuja de ambientes agitados e evite distrações como assistir televisão, usar o computador ou celular. Isso ajudará a ter uma refeição mais tranquila, adequada e agradável. 

 

4. Cuidado com as guloseimas
No momento da ansiedade, muitas pessoas optam por comer doces. Se essa vontade for grande, dê preferência aos alimentos com baixas calorias, como gelatinas, balas de alga, doces com frutas e até mesmo frutas.

5. Desvie o foco!
Não desconte a ansiedade nos alimentos. Desvie o foco da comida e busque fazer outras atividades, como ouvir música e assistir um filme. Tenha sempre uma alternativa para deixar o alimento de lado e relaxar.


6. Abuse dos chás
Os chás que contêm substâncias sedativas suaves também ajudam no autocontrole. Dê preferência para os chás de melissa, camomila e erva doce. O maracujá também possui propriedades calmantes, tanto a fruta como suas folhas. 

7. Concentre-se
Normalmente em momentos onde a ansiedade está alta, nossa respiração muda, e passa a ficar rápida e curta. Nessa hora, é indispensável se concentrar e, aos poucos, deixar a respiração completa e profunda.

8. Ocupe-se!
Outra dica é manter a mente ocupada. Estando com a mente ocupada, a ansiedade não terá espaço.

9. Conhece a ti mesmo
Algo muito importante é se conhecer e entender os pontos que devem ser melhorados ou aperfeiçoados. Descubra quais são as suas fraquezas para trabalhá-las, pois o autoconhecimento ajuda a controlar a ansiedade. 


10. Busque ajuda
Procure um profissional que lhe auxilie se nada disso funcionar. Os problemas de ansiedade que enfrentamos podem gerar até depressãoe, mas a medicina não classifica comer como remédio para nossos problemas. Nós é que elevamos algo tão prazeroso à categoria medicamentosa. Comer não é - e nunca será - remédio para nenhum problema de ordem social, emocional, financeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário